3 de nov de 2007

Windows X Linux e educação

Porque incentivar o uso de programas livres na educação básica.
É uma questão muito simples. Acredito se você chegou até aqui, pode parar e pensar em uma coisa.

O que leva o Nosso país Brasil a ser esse mar de co
rrupção que é hoje?
A certeza da impunidade.
É simples. Eu acelero meu carro acima do limite de velocidade simplesmente porque sei que não levarei multa.
Jogo lixo no chão simplesmente porque não tem ninguém vendo, ou qualquer outra transgressão porque nada me acontece.

A sua versão do Microsoft Windows XP é registrada? Se sim, parabéns. Você é a fatia de 60% do mercado que pagou por este sistema operacional(sendo que 70% desse 60% representa pessoas que compraram computador com Windows legal já instalado). Se você está em sua casa, WOW! Você representa 10% dos 60% que
pagaram pelo programa. Se você tem Office completo instalado e pagou por isso, CARACAS ! Você representa 3% dos 10% anteriores!!! Agora se você pagou pelo Photoshop, mais Corel completo, mais a última versão do Enemy Territory, seu nome é Marcelo Arias, mora na rua das Flores, é casado com a Solange e gastou aproximadamente R$5.000,00 em programas. Parabéns. Mas os dados anteriores são apenas um exemplo, demonstrando como anda o mundo de programas piratas no Brasil.

Não existe dados oficiais, mas é dado como, segundo a ABES, 95% dos consumidores de programas utilizam algum tipo de programa pirata, em algum lugar. Seja em casa, seja no trabalho, seja como for. Mas porque isso? Porque fomos condicionados a tal.

Se você pega uma pessoa e coloca ela na frente d
e um computador com qualquer sistema operacional, e dizer para ela que só existe aquele, e ela o usar por 5, 20 meses, o que vai acontecer com ela? Vai acabar acreditando que somente aquilo existe, e que aquele sistema é mais fácil, melhor, mais aquilo, mais isso...

Até ai tudo bem, mas se tratando de programas pagos, quem tem a capacidade de investir R$ 5.000 em programas? ou mais simples, quem tem a capacidade de investir R$ 1.000 em programas, quando suamos para comprar um computador de R$700 ?

Questiono de novo, o que acontece quando uma criança ou adolocente é condicionado a usar um programa que ele terá que pagar mais pelo próprio programa que pela máquina ? Não pagará. Na certeza que não será repreendido.

Está formada ai a certeza da impunidade.

Mas ai temos somente a questão da casa. Olhe bem. Ao condicionar a pessoa a usar programa X, Y ou Z em casa, ela vai pressionar as empresas a utilizarem os programas X, Y ou Z que ela está acostumada a usar. Mas em empresas, essa conta é paga. E é bem alta. Não estou dizendo "você deve usar linux", mas estou falando, "você deve ser condicionado a escolha", e se quiser um ou outro, isso você deve escolher depois.

A aproximadamente 3 meses tive uma breve reunião aqui na minha cidade com a secretária de educação do município. E a um certo ponto, ela falou do projeto dela de inclusão digital, que a anos ela está trabalhando sobre isso, principalmente com crianças carentes da nossa região, mas o interessante foi quando ela falou que a prefeitura estava licitando licenças de programas, no caso expecífico, MS Windows e MS Office, porque "Linux nâo presta. Nunca vi alguém usar Linux."

Por educação, fiquei quieto pensando nas palavras da Sra. secretária de educação do meu município.
Ela estará no início do ano que vem, condicionando mais de mil alunos carentes a praticarem a pirataria. Qual deles irá pagar pelos pacotes MS? Tenho certeza que nenhum.

Programas livres, Linux, OpenOffice, Firefox, Gimp, QCad, Dia, Inkscape, Ekiga, Pidgin, Serpentine, VLC, sem falar em Ubuntu, Gnome, Mandriva e tantas outras distribuições e programas que facilitam e realmente incluem digitalmente as pessoas SEM COMETER TRANSGRESSÕES!
Acredito que ela se enganou no seu pensamento, e mesmo sendo bacharel em Informática, acredito que a falta de informação e de vontade de conhecer faz dela uma pessoa indígna do cargo que ocupa.

Existe pessoas que acreditam que Linux é extremamente difícil de usar. Pois bem. Vamos aos FATOS reais.
A alguns meses atrás, o computador da minha noiva apresentou problema, e tinha que ser reinstalado. O computador dela tinha WinXP piratex instalado, o qual ela mesma comprou assim, direto do revendedor. Como era o computador dela, eu só colocava a mão para arrumar alguma coisa que parava de funcionar. E isso acontecia com MUITA frequência. Uma bela manhã, ela me chama para arrumar o computador dela que não estava funcionando. Havia uma mensagem "FALHA NTLDR PRESSIONE CTRL+ALT+DEL". Sabia que era falha da partição NTFS, e que daria um trabalhão danado para consertar. E como não trabalho com Windows a anos, pedi a ela se podia instalar Linux. Ela ficou meio resistente, falou que achava difícil. Ai vim com argumento "Ou Linux ou manda você pra assistência. Eu não coloco mais a mão". Claro que ela ficou brava comigo, mas aceitou, ou não aceitou e eu instalei assim mesmo... não lembro dessa parte.
Era uma manhã de domingo, e pedi para ela usar. A primeira pergunta "Cade o Internet Explorer?" ai mostrei pra ela o Firefox. Cadê o MSN? Mostrei o Pidgin. Cadê o Photoshop? Mostrei pra ela o Gimp. Como faço pra imprimir? Ai falei "Clica na impressorinha ali do canto". E como uso o scanner?...
Assim foi alguns dias com perguntas. E assim foi. Aqui estou eu, sentado no computador dela, escrevendo esse artigo, executando uma atualização do Gutsy, que ela me pediu, pois não teria tempo para fazer esse fim de semana. Ela usa cerca de 6 horas por dia essa máquina. Nunca mais deu qualquer tipo de problema.

E o mesmo caso aconteceu com meu cunhado, que usa Gutsy também no computador dele.

E minha irmã, que me pediu uma cópia do Corel, e eu passei o link do Inkscape, que ela usa até hoje.

Então, cara Sra. Secretária da Educação da cidade de Lages-SC. Usar programas livres é só começar. E somente eles trazem as pessoas realmente para a inclusão digital.

Que esses exemplos sirvam da mesma forma quando você for comprar um programa, um filme em DVD ou um cd de música pirata.
Seja exemplo para os outros. Para seus filhos. Para VOCÊ mesmo!

Tela da máquina da minha noiva. Ela gostou :)
Postar um comentário