16 de fev de 2009

eschuch: The Linux Fundation pede avaliação a v4 da LSB

eschuch: The Linux Fundation pede avaliação a v4 da LSB

The Linux Fundation pede avaliação a v4 da LSB


A Fundação Linux está testando os novos padrões do sistema Linux.
Com isso, estão tentando estabelecer um mínimo de compatibilidade entre as centenas de distros existentes.
Veja mais em AQUI.

Telefone celular movido a energia solar

BARCELONA - o grupo coreano SUL Samsung da eletrônica apresentou seu telefone móvel primeiramente solar-psto em segunda-feira em um evento da indústria em Barcelona, prometendo um lançamento comercial no fim deste ano.

A lustroso-vista, “terra azul tocar-controlada,” a peça central da movimentação de Samsung a ser mais a favor do meio ambiente, tem os painéis solares em sua parte traseira que as reivindicações da companhia podem carregar a bateria em 10-14 horas.

Isto ofereceria aproximadamente quatro horas do tempo da conversa, um representante da companhia disse no congresso móvel do mundo do evento da indústria onde o telefone está na exposição pela primeira vez.

O dispositivo, esperado ser lanç em Europa ao segundo meio de 2009, pode igualmente ser carregado normalmente através de um plugue, com os painéis solares usados para encher a bateria para estender seu poder.

O fabricante coreano sul companheiro LG Electronics igualmente põr um telefone solar-psto protótipo sobre a exposição aqui mas a companhia não tem nenhum data ou nome do lançamento para o dispositivo.

Os observadores da indústria dizem que o mercado para um telefone solar-psto incluiriam ao ar livre datilografam países dentro desenvolvidos tais como pescadores ou os campistas que dirigem na região selvagem sem acesso à eletricidade.

Seus materiais recicl e podómetro interno, que mostra como distante o usuário andou, puderam igualmente apelar aos ventiladores de dispositivos do eco-sheek.

Se o preço era baixo bastante - Samsung não revelou detalhes ainda - tal telefone poderia igualmente ajudar a lig acima dos milhões de mundial pobre o quem viva ou sem ou com muito limitado alcance à eletricidade. -- AFP