22 de jun de 2011

Convertendo arquivos .MSG do Outlook para RFC822, e abrir em qualquer outro programa de e-mail

O Outlook 2007 grava as mensagens em um formato muito estranho, que somente o próprio Outlook abre, MSG.
Mas no meu caso, em casa não tenho o Outoolk pois nao quero pagar a fortuna para ter o MS Office. Mas vivo salvando os terríveis MSG na empresa para ler em casa.
MAS encontrei uma solução:

Usando o conversor de MSG do Matijs van Zuijlen do endereço http://www.matijs.net/software/msgconv/
Vamos aos passos:

1 – Instale o PERL. Se for Windows, use o http://www.activestate.com/activeperl

2 – Entre no shell PERL e execute os comandos:
perl -MCPAN -e 'install("Email::Outlook::Message")'
perl -MCPAN -e 'install("Email::LocalDelivery")'
perl -MCPAN -e 'install("Getopt::Long")'
perl -MCPAN -e 'install("Pod::Usage")'
perl -MCPAN -e 'install("File::Basename")'

3 – Baixe o script de http://www.matijs.net/software/msgconv/msgconvert.pl

4 – Execute o comando perl -w msgconvert.pl arquivo_do_outlook.msg

Será gerado um arquivos .mime que pode ser aberto com qualquer outro programa de e-mail, incluindo Thunderbird, Outlook Express, etc.

20 de jun de 2011

Instalando o banco de dados Oracle 11g no Oracle Enterprise Linux – Testes (5/10)

 

Indice:



Instalando o banco de dados Oracle 11g no Oracle Enterprise Linux – Banco Oracle (4/10)

 

Indice:



Instalando o banco de dados Oracle 11g no Oracle Enterprise Linux – Oracle Linux (3/10)

 

Indice:



Instalando o banco de dados Oracle 11g no Oracle Enterprise Linux – Pacotes (2/10)

 

Indice:



Pacotes para instalar:

Oracle Linux

O Oracle Linux é uma versão de Linux distribuida pela Oracle, o que perfeitamente serve para instalar o banco de dados Oracle.

Para referência, verifique o link:

http://www.oracle.com/us/technologies/linux/index.html

Não vou me ater em detalhes de valores ou licenças. Por favor, verifique cada item referente para tal. Vou baixar cada módulo e instalar o sistema todo, até a disponibilição do banco Oracle. vou sempre usar os repositórios oficiais da Oracle para colocar tudo no ar.

Baixe o Oracle Linux do link: https://edelivery.oracle.com/linux. Cadastre e baixo o Oracle Linux. Neste momento está na versão 6, mas eu usei a 5.5 para este passo a passo. Se você baixar a 6 e funcionar, me mande um alo.

Banco Oracle

Acredito ser um dos melhores bancos até hoje criados. Simplesmente “configure certo” e nunca, mas nunca mais se encomode com ele. Se tiver problemas, ou configurou errado (ESTUDE) ou a aplicação está com problema. Esteja certo disso.

A versão será a 11g,

Segue os passos:

Passo 1: Baixe o Oracle Linux 5.5 do link https://edelivery.oracle.com/linux;

Passo 2: Baixe o banco Oracle 11g para Linux do link:

http://www.oracle.com/technetwork/database/enterprise-edition/downloads/index.html.

A versão 11.2.0.1.0 deve ser suficiente. São dois arquivos ZIP.

Passo 3: Grave a ISO do Oracle Linux, coloque na máquina e inicie ela pelo DVD.

Passo 4: Instale o Oracle Linux seguindo estes passos…


Instalando o banco de dados Oracle 11g no Oracle Enterprise Linux – Intro (1/10)

 

Indice:



 
Este aqui é o Home do post. Selecione os pacotes para continuar o processo.
O resultado final será o banco em funcionamento totalmente em Linux, usando somente os binários e fontes disponíveis no próprio site Oracle.
Apesar de todas as aplicações podem ser baixadas, um banco Oracle assim como outros bancos que se prestam, custam uma pequena fortuna, e geralmente seus acordos contém vários itens para serem checados. Você é obrigado a ler todos os itens dos acordos entre você, sua empresa, a Oracle ou qualquer outro. Não sou, nao posso e não serei responsabilizado por qualquer problema jurídico, monetário, técnico ou qualquer outra coisa que você fizer errado, ou até por problemas induzidos por mim, pois as informações aqui prestadas servem apenas para direcionar um estudo. Nunca, jamais coloque em funcionamento algo que você nao sabe, nao entende ou não pode colocar. Qualquer dúvida, entre em contato comigo para auxiliar, ja que perguntar não custa nada. Responder ai pode ser outros R$300. Smiley piscando

Identificando Índices Oracle com problema (e corrigindo eles)

Ao migrar um banco Oracle de um servidor para outro, pode ser necessário recriar os índices do banco, pois frequentemente apresentam problemas (principalmente quando DBAs [ha] acreditam que estão fazendo a coisa certa).

Pois bem, estou falando de Oracle 11. Pode ser que não funcione para 10,9 e eu não sei se funcionam. Mas antes de mais nada, de uma boa lida nas notas MOSC 122008.1, 989186.1 e 989093.1.

Não existe uma forma fácil de identificar qual indice está com problemas, mas vamos aos passos.

Coletar toda a informação possível inicialmente pode auxiliar.

Comece com o comando:

select * from user_indexes

Onde lista todas os indices.

Pode ser utilizado o comando:

ANALYZE INDEX index_name COMPUTE STATISTICS
ANALYZE INDEX index_name VALIDATE STRUCTURE

Gerando muita informação.

Mas logo após isso, execute:

ALTER INDEX index_name REBUILD

Com um commit no final.

Assim, a index será recompilada. Mas cuidado. Mantenha sempre backups completos dos bancos (com os índices) caso algo ocorra.